Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi

Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi O Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi é uma escola de samba da cidade de São Paulo, fundada em 1º de fevereiro de 1976 por um grupo de moradores do bairro do Tucuruvi. O símbolo adotado pela escola foi um gafanhoto, uma forma de homenagear o bairro, pois "tucuruvi" em tupi significa "gafanhoto verde". Suas cores no início eram o preto e amarelo, porém mudaram no começo da década de 80 para as cores atuais: azul e branco.

História

Sob a liderança de José Leandro, Oswaldo de Salva, Tininho e posteriormente, Nenê da Cuica e Aldo Amaral, resolveram fundar no dia 1º de fevereiro de 1976,uma Escola de Samba que receberia o nome de G.R. Acadêmicos do Samba do Tucuruvi.

O primeiro desfile da escola foi no ano de 1977. O carro alegórico era um gafanhoto que tinha como base uma Kombi coberta com tecido verde. De lá para cá, somente em 2006 o gafanhoto deixou de sair no abre-alas, pois o enredo falava da agricultura e a escola entendeu que um gafanhoto num enredo como este seria mal-interpretado.

O Tucuruvi subiu para o grupo especial pela primeira vez dez anos após sua fundação. O samba-enredo "Brasil em Aquarela" marcou a estreia da escola entre as grandes e ainda é recordado pelos sambistas paulistanos. Se manteve entre as grandes em 88 e 89, caindo e voltando em 93. Caiu em 94, mas subiu em 98, participando de todos os desfiles do Grupo Especial desde então. Suas melhores participações aconteceram em 1993, quando ficou em sexto lugar, e em 1999, quando ficou em quinto, ambas as vezes entre doze escolas, e nesta última vez voltando para o desfile das campeãs. Voltou também em 2000, quando ficou em sexto, mas entre quatorze agremiações e contou com a presença de Preto Jóia, campeão quatro vezes pela Imperatriz, como puxador, e Mestre Jorjão, ex-diretor de bateria da Mocidade , Viradouro e Imperatriz. Outros personagens a ser lembrado da escola é o compositor Maurinho da Mazzei, vencedor de quase 40 sambas nas escolas e blocos de São Paulo e Ricardo Gonçalves (Soneca) por estar sempre presente desde a superação e o crescimento da escola.

Em 2009, a escola surpreende com um desfile simples, mas com muita emoção, homenageando a cidade histórica de Ouro Preto, com o enredo Ouro Preto - O esplendor barroco de uma Vila Rica. Relicário da pátria, patrimônio da humanidade terminando na 7º colocação.

Em 2010 a escola foi com o enredo São Luís... Um universo de encanto e magia, com novo carnavalesco: Wagner Santos, que veio da Unidos de Vila Maria.Um grande destaque do desfile foi as batidas de reggae na parte do samba-enredo. Foi considerada, na apuração, uma das favoritas ao título, estando empatado em primeiro lugar com a Rosas de Ouro e a Mocidade Alegre durante boa parte da divulgação das notas, até que no quesito evolução perdeu preciosos pontos que a fizeram ir até a 8ª posição. Se não houvesse descarte de notas, o Tucuruvi chegaria na quarta posição.

Para 2011 a Acadêmicos do Tucuruvi anunciou que fará uma homenagem aos nordestinos em seu enredo, o que rendeu a agremiação ameaças por e-mail de extremistas

Grêmio Recreativo Cultural Social Escola de Samba Acadêmicos do Tucuruvi
Endereço: Avenida Mazzei, 722 - Bairro Tucuruvi - São Paulo - SP
CEP: 02310-011
(11) 2204-7342
 




  Sobre o EncontraTucuruvi
Fale com EncontraTucuruvi
Anuncie no EncontraTucuruvi
Cadastre sua Empresa no EncontraTucuruvi (grátis)



Termos EncontraTucuruvi | Privacidade EncontraTucuruvi


Bandeira da cidade de São Paulo